Bioplastia Maçã do Rosto

 

Bioplastia de Maçã do RostoBioplastia na maçã do rosto: Procedimento que pretende melhorar a definição da maxila e repor a diminuição da volumetria causada pelo envelhecimento. A bioplastia na maçã do rosto é capaz de influenciar significativamente no jogo de luz e sombra da face, criando o efeito "blush", uma das características marcantes de um rosto.

O aumento do malar pode proporcionar ainda, a diminuição da flacidez tissular, uma vez que repõe o volume facial, criando um efeito similar ao do lifting cirúrgico. Para reforçar ainda mais estas características (como efeito blush e flacidez tissular), muitas vezes, a bioplastia na maçã do rosto é realizada conjuntamente com a bioplastia na linha da mandíbula.

Como é realizada a bioplastia na maçã do rosto?

A bioplastia de maçã do rosto pode ser realizada com uso de anestesia local, permitindo que o paciente permaneça acordado durante todo o procedimento. O implante utilizado na bioplastia de maçã do rosto é moldável dentro de quatro (4) dias, quando a suspensão das moléculas (coloide, celulose ou gel, dependendo do implante), são absorvidas e substituídas pelo colágeno, que será produzido pelo organismo do paciente, em resposta ao estímulo que o PMMA causa nos fibroblastos. Após o sétimo (7) dia é aconselhável uma revisão para avaliar os resultados.

Na bioplastia de maçã do rosto é utilizada uma microcânula, agulha sem ponta que não cria qualquer tipo de lesão neurovascular. Como não são realizados cortes nem ocorrem sangramentos consideráveis, com a bioplastia de maçã do rosto o paciente pode realizar o tratamento e, normalmente, retornar às atividades.

Para a realização da bioplastia na maçã do rosto, o médico deve ter experiência e domínio da técnica, observando com cautela os parâmetros e a harmonia facial de cada paciente. A precisão é muito importante, uma vez que qualquer assimetria na face fica visível e altera todo o seu conjunto.

Ao conversar com o paciente, é fundamental que o médico explique as reais possibilidades do tratamento, evitando que se criem traços exagerados que causem arrependimento. Nesse sentido, é importante ressaltar que, mesmo sendo por conceito uma plástica interativa, em que o paciente pode opinar quanto aos resultados, a palavra do médico deve ser decisiva.

A face, por ser uma região com traços delicados e muito precisos, é comum que muitas pessoas optem por realizar o procedimento com produtos absorvíveis, como o ácido hialurônico, de modo a ter uma melhor noção da aparência que ficará após o preenchimento. Assim, os resultados são reversíveis e, caso aprove por completo, faz-se o mesmo procedimento com uso de materiais definitivos, tal como o PMMA.